“Eu não sou igual a você. Não sou mesmo. Sou Rosangela Santos, não tenho nenhum passado duvidoso, não estou sob liminar e enquanto eu estava estudando, o atual prefeito estava fazendo outras coisas, que não me diz a respeito. Agora não sou igual a você, graças a Deus. Eu durmo tranquila. Tenho caráter e honestidade. Se eu não tivesse, teria feito como outros e estaria aí ganhando cargos, ganhando comissão para votar com o governo. Eu não aceito coisa errada”

Rosângela Santos, em resposta a fala machista do prefeito Ney Santos, na primeira sessão legislativa de 2018, dia 07/02/18.

Mulher na política

54 DE MULHERES EM EMBU DAS ARTES, APENAS 2 CADEIRAS ENTRE OS 17 VEREADORES

“A vida de vereadora não é fácil”, disse Rosângela em uma conversa com uma cidadã embuense. São mais de 260 mil municipes, sendo cerca de 54% mulheres, e temos apenas 2 cadeiras dos 17 vereadores ocupadas por nós mulheres. Por isso, uma das lutas da vereadora Rosângela Santos é uma maior participação das mulheres na política.

Lutamos por aquelas que sempre lutaram por nós.

Moradia

São 6,9 milhões de famílias sem moradia e 6 milhões de imóveis vazios.

Os dados atualizados do IBGE dão conta que hoje no Brasil há cerca de 6,9 milhões de famílias sem moradia, e cerca de 6 milhões de imóveis vazios. Além disso, também segundo o IBGE, mais de 11 milhões de pessoas vivem em favelas ou moradias consideradas precárias. Lutar por moradia não é lutar apenas pela casa própria, mas também lutar para que o outro tenha dignidade e condições para constituir a sua família. Um passo importante em direção a uma sociedade justa.

Saúde

GARANTIR QUALIDADE COM ATENDIMENTO DIGNO

1 A área da saúde do município está abandonada. Precisamos investir novamente na saúde.

2 Para sanar os problemas da saúde, precisamos investir adequadamente e fiscalizar o uso do recurso e o serviço prestado à população.

3 Pensando em facilitar a vida dos munícipes, criamos em 2017 o projeto de lei Enfermagem Porta a Porta, visando a saúde preventiva e não apenas medicamentosa.

4 Segundo a Constituição de 1988: saúde é um direito de todos e é dever do Estado fornece-la.

5 para garantir este direito, protocolamos junto ao MP – Ministério Público diversas representações, solicitando apurações de irregularidades na cidade, da mesma forma também fiz requerimentos solicitando ao poder executivo transparência sobre a prestadora de saúde da cidade.

6 O olhar para a saúde das pessoas deve ser uma das prioridades.

Educação

AUMENTAR OS ÍNDICES DE QUALIDADE NO ENSINO EM EMBU DAS ARTES

Em abril de 2018, revivemos o projeto de implantação da Unifesp – Universidade Federal de São Paulo na cidade de Embu das Artes. Esse projeto se iniciou a mais de dez anos e estava adormecido.

Ainda em 2018, no mês de setembro, um requerimento sobre o tema foi encaminhado na Câmara e rejeitado pelos vereadores da base governista da cidade.

NÃO VAMOS DESISTIR. Vamos lutar para ter o campus da Unifesp na nossa cidade.